sábado, 4 de dezembro de 2010

♥ Como hão de sobreviver?

 4 de Dezembro de 2010 
Como hão de sobreviver?


Há muitos anos, grandes matilhas de lobos vagavam pelo interior da Ucrânia, o que tornava as viagens naquela parte do mundo algo perigosíssimo. Esses bandos de lobos não tinham medo de nada, fossem pessoas ou quaisquer armas conhecidas naquela época. A única coisa que os assustava era o fogo. Assim, os viajantes que se encontravam longe das cidades adotaram a prática comum de fazer uma enorme fogueira e mantê-la acesa a noite toda. Enquanto houvesse chamas, os lobos não se aproximavam. Mas se a fogueira perdesse força e se apagasse, eles partiam para o ataque. Os viajantes compreendiam que criar e manter uma fogueira forte não era apenas uma questão de conveniência e conforto, mas de sobrevivência. Não precisamos proteger-nos de alcateias de lobos ao percorrermos os caminhos da vida hoje, mas, do ponto de vista espiritual, não há dúvida de que enfrentamos os traiçoeiros lobos de Satanás na forma de tentações, males e pecados. Vivemos em tempos perigosos, quando esses lobos vorazes vagam pelos campos espirituais em busca daqueles que estejam fracos na fé ou vacilantes em sua convicção. Todos estamos vulneráveis aos ataques. Contudo, podemos fortalecer-nos com a proteção de um ardente testemunho que, como uma fogueira, foi criado de maneira adequada e mantido com cuidado. Infelizmente, alguns na Igreja acreditam sinceramente que seu testemunho é uma chama inextinguível, quando na verdade não passa do débil tremeluzir de uma vela. Sua fidelidade mais tem a ver com o hábito do que com a santidade, e seu empenho pela retidão pessoal quase sempre é ofuscado pela busca de interesses pessoais e prazeres. Com essa luz bruxuleante de testemunho como proteção, esses viajantes são presa fácil para os lobos do adversário nas estradas da vida.”


-


Apresento três sugestões que podem alimentar a chama do testemunho pessoal como proteção contra os lobos do mal que nos rondam e ameaçam nossa segurança espiritual. Primeiro, certifiquem-se de que seu testemunho esteja edificado sobre um alicerce seguro de fé no Senhor Jesus Cristo. (…) Ancorados com uma fé de tal natureza, estamos  prontos para minha segunda sugestão: reforcem a fogueira do testemunho por meio do arrependimento humilde e sincero. Poucas coisas extinguem mais rapidamente o fervor do Espírito Santo do coração de uma pessoa do que o pecado. (…) Minha terceira sugestão é que sigamos o exemplo do Salvador. Ele deixou o modelo. Em qualquer atividade ou circunstância, devemos perguntar a nós mesmos o que Jesus faria e, com base nisso, decidir nossa própria maneira de agir.”

- Joseph Bitner Wirthlin -



Gostaria de dizer-lhes que muitos de vocês verão o tempo em que terão todos os problemas, tribulações e perseguições que puderem suportar, bem como inúmeras oportunidades para mostrar que são fiéis a Deus e a Sua obra. Esta Igreja tem pela frente muitos desafios a vencer antes que a obra de Deus seja coroada de triunfo. (…)
(…) Tempo virá em que nenhum homem ou mulher será capaz de viver com luz emprestada. Cada um terá que ser guiado pela luz interior. Se vocês não a possuírem, como hão de sobreviver?
- Heber Chase Kimball -


(Citação lida na última aula do Instituto Ala Porto Velho - 4 de Dezembro de 2010)

2 comentários:

Diego disse...

Hellen!!! Hoje na nossa última aula do instituto desse ano essa citação foi lida, e na hora achei que seria uma boa sugestão pra ti colocar no teu blog, e quando entro aqui vejo que já tiveste a idéia antes. hehehe. Abração

Hellen ツ disse...

Oi, Diego! :)
Tivemos a mesma ideia, então! Lemos na aula do Instituto, também!
hehehe

Obrigada pela lembrança!


:)