sexta-feira, 18 de março de 2011

♥ Como Desenvolver Nossos Talentos



    A postagem abaixo é um discurso sobre "Como Desenvolver nossos talentos", que foi dado na reunião sacramental de minha ala, no dia 26 de Dezembro de 2010, pela irmã Solange B. Rodrigues
Ela foi, por alguns anos, minha Presidente das Moças na ala e, por último, antes de eu ir para a Sociedade de Socorro, minha professora da Escola Dominical. 
Sempre admirei a capacidade que ela possui de ensinar com clareza. Também admiro a facilidade e determinação que ela tem de apreciar coisas simples e, no que se refere às pessoas, de elogiá-las. Me tocou muito, no discurso, os muitos talentos citados por ela, muitos dos quais nem pensamos ser considerados talentos. 
Neste domingo passado, dia 13 de Março de 2011, eu estava usando o vestido que minha mãe havia feito para mim durante a semana. Terminada a reunião sacramental, dirigi-me à sala onde dou aula para os Valorosos. Já estando com a porta fechada e me preparando para iniciar a aula, a Solange bateu em minha porta, pôs a cabeça para dentro e simplesmente elogiou meu vestido, com um sorriso e se retirou. Foi algo simples mas, significativo. Naquele momento lembrei do discurso que há mais de 3 meses eu havia pedido à ela. 

Aqui está ele:


Como Desenvolver Nossos Talentos
- Solange Bortolossi Rodrigues -

    Todos nós temos talentos. Assim mesmo, no plural. Podem acreditar nisso! Talento não é somente aquilo que atrai aplausos de multidões. Talento é tudo aquilo que fazemos bem feito.


Vamos aos exemplos:


- Varrer com cuidado a casa, limpando bem todos os cantinhos;
- Preparar refeições nutritivas e variadas;
- Pesquisar bem para os trabalhos escolares;
- Lavar bem a louça;
- Preparar aulas interessantes;
- Arrumar a cama, deixando o lençol bem estendido;
- Dizer palavras amáveis;
- Contar histórias divertidas para as crianças;
- Ser um aluno atencioso;
- Ser um professor amigo;
- Ser uma mãe ou pai amoroso;
- Ser um filho prestativo;
- Sorrir sinceramente;
- Trabalhar com disposição;
- Cantar alegremente;
- Costurar com capricho.


Ainda não reconheceram seus talentos? Dá para continuar:


- Tocar muito bem um instrumento;
- Fazer Origami;
- Desenhar;
- Bordar;
- Saber cortar a grama;
- Secar bem a louça;
- Ser um motorista disciplinado;
- Ser um irmão generoso;
- Ser um pacificador;
- Etc...


Podemos fazer a nossa lista pessoal  e escolher quantos talentos queremos desenvolver. 

Vamos então aos passos necessários:


Primeiro:
   Devemos descobrir os nossos pontos fortes, analisar as coisas que gostamos de fazer e as que podemos adquirir. Porque desenvolver talentos também é aperfeiçoar aquilo que já realizamos diariamente. Quando fazemos algo bem feito a tarefa mais simples pode se transformar em arte, pois será apreciado e admirado por alguém, ainda que seja só a nossa família, ou ainda que dê satisfação apenas a nós mesmos.


Segundo: 
   Dependendo do talento que buscamos adquirir, será necessário fazer cursos específicos para nos aprimorar, ou pedir ajuda a alguém que conheça o assunto. Algumas coisas precisam apenas ser praticadas com cuidado e dedicação para que se transformem em talentos.


Terceiro:
   Perseverar no aprendizado. Talento é você se destacar em alguma coisa. Alguma coisa que fazemos. Isso exige ação. Para ser um grande pai ou mãe, ou um grande filho, precisamos fazer algumas coisas, precisamos agir para sermos reconhecidos como tal.
Observação:  "Grande", mencionado, refere-se ao sentido de extraordinário, surpreendente, notável, não no sentido de tamanho.


Talento = Ação = Trabalho.


Jamais teremos um talento sem trabalho. 
Pensem no que devemos fazer para ter esses talentos:


- Ser um grande amigo, um grande irmão, uma grande cozinheira, um grande líder, um grande bispo, uma grande costureira, uma grande enfermeira, um grande jogador de futebol, de tênis, de futebol de botão, de xadrez...
Tudo envolve ação, ou seja, trabalho. E, com paciência, disposição, envolvimento, compromisso, amor e boa vontade.


Russell M. Nelson disse:

 "A paciência e a perseverança fazem parte de nosso progresso eterno."
Sobre a importância de trabalhar em todas as coisas para nos desenvolver, Neal A. Maxwell falou: "[Somos] filhos de Deus [e] estamos aqui temporariamente. [...] Fomos convidados a trilhar o caminho de volta ao lar celestial. Lá, não só a profissão de agente funerário será obsoleta, muitas outras o serão. Porém, a capacidade de trabalhar e trabalhar com sabedoria jamais se tornará obsoleta e nem a capacidade de aprender."


Quarto:
   Ter humildade e gratidão. Humildade para usar bem nossas capacidades, sem ostentação, mas para ajudar e alegrar a nós e aos outros. Com nossos talentos, contribuímos para a beleza e a ordem no mundo. E gratidão ao Pai Celestial que é quem nos concede os talentos. Quando os usamos bem, fazemos por merecer mais dons e talentos. Se não os usarmos, nós os perdemos. 
Jamais os usemos para competir ou parecer mais que os outros. Nossa vida não deve ser um livro de competições, mas um livro de sabedoria. Buscar talentos com a intenção de superar os outros é cometer um erro.


"Portanto quisera que fôsseis perfeitos, assim como eu ou como o vosso Pai que está nos céus é perfeito." 
(3 Néfi 12:48)

Elder Jorge F. Zeballos, dos Setenta disse: "O mandamento de tornar-nos perfeitos como Ele incentiva-nos a alcançar o melhor que há em nós, a descobrir e desenvolver os talentos e atributos com que fomos abençoados por um amoroso Pai Eterno, que nos convida a atingir nosso potencial como filhos de Deus."


Resumindo:
Para desenvolver nossos talentos:
Descobrir as coisas que gosto de fazer e as coisas que posso melhorar;
Fazer cursos específicos, me aprimorar, ou pedir ajuda a alguém;
Perseverar no aprendizado e usar os talentos para ajudar ou alegrar as pessoas;
Ser humilde e grato ao Senhor, pois Ele nos concede as capacidades.


Que possamos buscar a excelência naquilo que fazemos, principalmente junto de nossa família, de nossos amigos e na Igreja. Que possamos fazer de nossa vida uma obra-prima.

3 comentários:

Mônica disse...

Querida! Lindo teu post sobre desenvolver nossos talentos! Ainda não conhecia o teu blog, mas agora vou passar por aqui mais vezes. Vou passar o link desse post para minhas colegas de dança!

Um beijão e muito sucesso pra ti!

Andrea Pedrosa - Biscuit disse...

Este Post vai me ajudar muito com meu discurso amanhã!! Beijios

Andrea Pedrosa - Biscuit disse...

Este Post vai me ajudar muito com meu discurso amanhã!! Beijios